VENCEDORES DO PRÊMIO CARLOS GOMES



Vencedores do XV Prêmio Carlos Gomes de Ópera e Música Erudita

Com 6 prêmios, a ópera L'Enfant et les Sortilèges foi a grande vencedora da noite.

Dia 27 de agosto aconteceu a cerimônia de entrega do XV Prêmio Carlos Gomes de Ópera e Música Erudita no Theatro Municipal de São Paulo. A ópera L'Enfant et les Sortilèges foi a grande vencedora da noite, levou 6 prêmios: Melhor Espetáculo de ÓperaDireção de Cena para Lívia SabagCenários e Figurinos de Fernando Anhê, Iluminação de Wagner Pinto eCantora Solista para Denise de Freitas O Troféu Guarany, que premia o conjunto de realizações de uma carreira, foi para Dyra Oliveira pelo trabalho de vários anos no Theatro São Pedro de São Paulo. A Orquestra Sinfônica vencedora foi a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. O Regente de Ópera foi Luiz Fernando Malheiro e a Regente Sinfônica vencedora foi Lígia Amadio. O Conjunto de Câmara que ganhou foi o Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo e a Solista Instrumental foi Sonia Rubinsky. Patrocínio: Sabesp. Contemplado pela Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura. Realização: Algol Editora.

A apresentação foi de Beatriz Segall.  No evento foram interpretadas canções de Carlos Gomes com arranjos de Abel Rocha, com os cantores Niza de Castro Tank Rosana Lamosa,sopranos, Fernando Portari (tenor) e o Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo.
Vencedores do XV Prêmio Carlos Gomes de Ópera e Música Erudita

Espetáculo de Ópera

L'Enfant et les Sortilèges      
Theatro Municipal de São Paulo.

Direção de Cena

Lívia Sabag     
L'Enfant et les Sortilèges no Theatro Municipal de São Paulo.

Cenário

Fernando Anhê
L'Enfant et les Sortilèges - Theatro Municipal de São Paulo.

Figurino

Fernando Anhê          
L'Enfant et les Sortilèges no Theatro Municipal de São Paulo.


Cantor Solista

Fernando Portari
Die Fledermauss, no Theatro Municipal de São Paulo; Roméo et Juliette e Don Pasquale, no Theatro São Pedro em São Paulo; La Bohème no Theatro Pedro II em Ribeirão Preto.

Cantora Solista

Denise de Freitas
Die Walkure e L'Enfant et les Sortilèges no Theatro Municipal de São Paulo; Nabucco no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e Diálogo das Carmelitas no Teatro Amazonas.

Conjunto de Câmara

Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo
Pelos muitos anos de atividade com a coerência de um grupo especial.

Iluminação

Wagner Pinto 
L'Enfant et les Sortilèges no Theatro Municipal de São Paulo.

Orquestra Sinfônica

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais    
Pela qualidade conseguida através da reflormulação efetuada por Fábio Mechetti.

Regente

Ligia Amadio  
Pelo trabalho com a Orquestra Sinfônica ds USP.

Regente de Ópera

Luis Fernando Malheiro       
Die Walkure no Theatro Municipal de São Paulo; Tristan und Isolde no Teatro Amazonas.

Solista Instrumental

Sonia Rubinsky
Pela gravação integral das Canções Sem Palavras de Mendelssohn.

Troféu Guarany

Dyra Oliveira  
Pelo trabalho de vários anos no Theatro São Pedro.

No começo do mês de agosto saiu a lista dos Indicados ao XV Prêmio Carlos Gomes de Ópera e Música Erudita. São 13 categorias: Espetáculo de Ópera, Cenário, Figurino, Iluminação, Direção de Cena, Solista Instrumental, Conjunto de Câmara, Regente Sinfônico, Orquestra Sinfônica, Regente de Ópera, Cantor Solista, Cantora Solista, e o Troféu Guarany, que premiou o conjunto de realizações de uma carreira.

Cada vencedor receberá um diploma, um troféu, e R$ 3 mil em dinheiro. O homenageado com o Troféu Guarany receberá R$ 5 mil.

Inicialmente uma comissão de 31 profissionais definiu a lista dos indicados. Para definir os vencedores, foram duas votações paralelas: a do Corpo de Jurados, composto de 175 membros distribuídos por todo o Brasil, e a de um Júri Popular, de 2078 votantes. O resultado éfoifeito por um procedimento matemático que equaliza os valores.

A votação aconteceu entre os dias 30 de julho a 26 de agosto. A votação popular foi realizada pelo site http://www.premiocarlosgomes.com.br


Criado em 1996, o Prêmio Carlos Gomes toma como patrono o maior operista das Américas e busca criar um universo de referências, através da escolha dos melhores nomes da música lírica e sinfônica do Brasil, trazendo um novo estímulo à vida cultural do país. A realização é da Algol Editora, a Comissão Organizadora é presidida pelo soprano Niza de Castro Tank. O Colegiado de Indicação é um órgão composto por especialistas desse segmento cultural. Site:http://www.premiocarlosgomes.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas