SPHARPFESTIVAL - NÃO PERCA



CCBB São Paulo realiza o I SPHarpFestival – Festival Internacional de Harpas



Cada apresentação terá uma harpa diferente com repertório popular e erudito


De 13 a 17 de abril, quarta-feira a domingo, o Centro Cultural Banco do Brasil apresenta o I SPHarpFestival – Festival Internacional de Harpascom vários números musicais durante o dia, com um total de 15 apresentações de música popular e erudita. Os eventos acontecem no átrio com entrada franca.

“O grande diferencial são as harpas onde cada apresentação terá uma harpa diferente. A harpa é o instrumento mais antigo do mundo, com uma história de 5 mil anos,” conta Sergio da Costa e Silva, criador do evento. Serão harpas clássica, tripla, paraguaia, céltica, santoor (indiana) e ngoni (africana), elétrica e miniharpaKora da África Ocidental e Lira Tartésica, instrumento ancestral da Ibéria antiga.

Entre os destaques internacionais estão a soprano e instrumentista escocesa Zoe Vandermeer com sua raríssima harpa tripla, interpretando Haendel e Bellini, entre outros. espanhol Yerko Lorca estudou kora (harpa da África Ocidental) e Lira Tartésica, instrumento ancestral da Ibéria Antiga. No repertório interpretará clássicos africanos. A canadense Gianetta Baril, que vem anualmente ao Rio de Janeiro para apresentações e ensino voluntário de harpa na Ação Social pela Música do Brasil, e toca em uma harpa clássica obras de Bach e de outros compositores. Dario Andino é argentino e mora no Brasil.

Nos shows do festival, Nando Araújo Trio estreia o projeto Celtic Brasil, um desdobramento do projeto Pelas Trilhas dos Celtas que une arte e reflexão filosófica, porém em um novo formato, utilizando Viola Caipira e Rabeca. Por meio destes instrumentos que são amplamente utilizados nas manifestações folclóricas do Brasil, Nando, com esta sonoridade, busca um diálogo estético-musical com as músicas tradicionais dos países que incorporam as nações pan-celticas (como a Irlanda e a Escócia). Este encontro entre a harpa céltica e os instrumentos típicos do nosso folclore promove uma ambiência sonora peculiar. Com esta mesma proposta estética o repertório do show é composto de Beatles e músicas autorais do artista.

A Burning Symphony traz harpas céltica e elétrica, violoncelo e bateria. No repertório muito rock, heavy metal, power metal e metal sinfônico. O Duo Dario Andino na harpa paraguaia e Cinthia Almeida na voz ebanda com violão de aço e nylon, flautas e percussão interpretam música popular brasileira e latino-americanas com canções de Nando Reis, Paulinho da Viola, Beto Guedes, Jorge Vercillo, Marcos Valle, entre outros.

Outro destaque será a apresentação Som da Luz com o grupo NadaBhaktas (Prem Ramam, Gui Cavalcanti e Sita Beatriz) que realizará um concerto meditativo com orações musicais em fusão devocional, mantras, preces e improvisações. O grupo toca em santoor (harpa indiana), ngoni (africana), miniharpa e violino.

I SPHarpFestival - CCBB- São Paulo:
13 a 17 de abril, quarta-feira a domingo
Horários das apresentações:
Quarta-feira a sábado: às 13h, 15h e 19h
Domingo: 13h, 15h e 17h30
Dia 13 de abril – quarta-feira

13h - Gianetta Baril, harpa clássica - Canadá.
Programa:
Sonata - CPE Bach
The Crown of Ariadne – R. Murray Schafer
Sonatine op.28 – Marcel Tournier

15h - Zoe Vandermeer, soprano e harpa tripla, Escócia/Estados Unidos.
Programa:
 1. Aura soave, by Luzzascchi
2. O Primavera, by Luzzascchi
3. Pavan in Am, by Ferrabosco
4. Toccata in Em, by Luzzaschi
5. Lascia, ch'io pianga,  from Rinaldo, HWV7a, by Handel
6. Care selve, from Atalanta, HWV35, by Handel
7. Ah, non credea, from La Sonnambula, by Bellini
8. Welsh Ground, by Richard Jones    
9. Robin Adair, Scottish, arr. Mme Krumpholtz
10. Home Sweet Home, from Clari, by H. Bishop, arr. T.P. Chipp
11. Bird Song, by Taubert, composed for Jenny Lind
12. Le Rossignol (world premiere), by Zoe Vandermeer

19h - Gianetta Baril-, harpa clássica, Canadá
Programa:
Sonata - CPE Bach
The Crown of Ariadne – R. Murray Schafer
Sonatine op.28 – Marcel Tournier

 Dia 14 de abril- quinta-feira -

13h - Yerko Lorca Espanha- kora, a harpa da África Ocidental e Lira tartésica, instrumento ancestral Ibéria Antiga.
Programa:
Las memorias de la tierra. Kora / compositor Yerko Lorca.
Kelefaba. Kora / dominio público.
Jarabí. Kora / dominio público.
Fantasía. Kora / Compositor Yerko Lorca
Epitafio de Seikilos. Lira / dominio público.
Los últimos de los hombres. Lira / compositor Yerko Lorca
Suriam. Lira o Kora / compositor Yerko Lorca
Kaira. Kora / dominio público.
Jaliyaa. Kora / dominio público.

15h - Zoe Vandermeer, soprano, harpa tripla galesa, Escócia/Estados Unidos.
Programa:
1. Aura soave, by Luzzascchi
2. O Primavera, by Luzzascchi
3. Pavan in Am, by Ferrabosco
4. Toccata in Em, by Luzzaschi
 5. Lascia, ch'io pianga,  from Rinaldo, HWV7a, by Handel
6. Care selve, from Atalanta, HWV35, by Handel
7. Ah, non credea, from La Sonnambula, by Bellini
 8. Welsh Ground, by Richard Jones    
9. Robin Adair, Scottish, arr. Mme Krumpholtz
10. Home Sweet Home, from Clari, by H. Bishop, arr. T.P. Chipp
11. Bird Song, by Taubert, composed for Jenny Lind
 12. Le Rossignol (world premiere), by Zoe Vandermeer
                                     
19h-- Som da Luz: Prem Ramam, harpa, Gui Cavalcanti e Sita Beatriz
Tipo de Harpa: santoor (harpa indiana), ngoni (africana) e miniharpa

Programa: Concerto Meditativo e Orações Musicais, uma viagem sonora em fusão devocional. Mantras, Preces e Improvisações.

Dia 15 de abril - sexta-feira

13h- Zoe Vandermeer, soprano, harpa tripla, Escócia/Estados Unidos.
Programa:
1. Aura soave, by Luzzascchi
2. O Primavera, by Luzzascchi
3. Pavan in Am, by Ferrabosco
4. Toccata in Em, by Luzzaschi
 5. Lascia, ch'io pianga,  from Rinaldo, HWV7a, by Handel
6. Care selve, from Atalanta, HWV35, by Handel
7. Ah, non credea, from La Sonnambula, by Bellini
8. Welsh Ground, by Richard Jones    
9. Robin Adair, Scottish, arr. Mme Krumpholtz
10. Home Sweet Home, from Clari, by H. Bishop, arr. T.P. Chipp
11. Bird Song, by Taubert, composed for Jenny Lind
12. Le Rossignol (world premiere), by Zoe Vandermeer

15h - Yerko Lorca Espanha- kora, a harpa da África Ocidental e Lira tartésica, instrumento ancestral Ibéria Antiga.
Programa:
Las memorias de la tierra. Kora / compositor Yerko Lorca.
Kelefaba. Kora / dominio público.
Jarabí. Kora / dominio público.
Fantasía. Kora / Compositor Yerko Lorca
Epitafio de Seikilos. Lira / dominio público.
Los últimos de los hombres. Lira / compositor Yerko Lorca
Suriam. Lira o Kora / compositor Yerko Lorca
Kaira. Kora / dominio público.
Jaliyaa. Kora / dominio público.
  
19h - NadaBhaktas, Prem Ramam harpa, Gui Cavalcanti e Sita Beatriz
Harpa: santoor (harpa indiana), ngoni (africana) e miniharpa
Programa: Concerto devocional. O grupo se destaca pela fusão dos timbres ancestrais de instrumentos étnicos com a modernidade do sintetizador, em união com vocais suaves e bem arranjados. Uma experiência musical de conexão com o sagrado tendo a harpa como instrumento principal.

 Dia 16 de abril – sábado -

13h - Duo Dario Andino e Cinthia Almeida - Argentina/Brasil.
Harpa e Voz
Dario Andino, harpa paraguaia
Cinthia Almeida - Canto
Músicos convidados: 
Fabricio Rinaldi: Violão de Nylon e violão de aço
Denis Crepaldi: Flauta transversal e Flauta Transversal baixo. 
Ricardo Siqueira: Percussão  
Programa:  Saudade da Minha Terra (Gérson Coutinho da Silva)
Índia (origem: José Asunción Flores e Manuel Ortiz Guerrero /versão de José Fortuna)
Las manos de mi madre (Peteco Carabajal) 
La estella azul (Peteco Carabajal)
Amor de Indio (Beto Guedes)
Para ver as meninas (Paulinho da Viola)
Samba de Verão (Marcos Valle)
Drones (Dario Andino)
Yarassy (Dario Andino, Cinthia Almeida e Ramy Arany)
Final Feliz (Jorge Vercilo)
Tempo Perdido (Renato Russo) 
Relicario (Nando Reis)

15h - Zoe Vandermeer, soprano, harpa tripla, Escócia/Estados Unidos.
Programa:
1. Aura soave, by Luzzascchi
2. O Primavera, by Luzzascchi
3. Pavan in Am, by Ferrabosco
4. Toccata in Em, by Luzzaschi
 5. Lascia, ch'io pianga,  from Rinaldo, HWV7a, by Handel
6. Care selve, from Atalanta, HWV35, by Handel
7. Ah, non credea, from La Sonnambula, by Bellini
8. Welsh Ground, by Richard Jones    
9. Robin Adair, Scottish, arr. Mme Krumpholtz
10. Home Sweet Home, from Clari, by H. Bishop, arr. T.P. Chipp
11. Bird Song, by Taubert, composed for Jenny Lind
12. Le Rossignol (world premiere), by Zoe Vandermeer

19h- Nando Araújo, harpa céltica e trio: (José Gustavo Julião Camargo viola caipira / Sara Cecília Cesca violino/rabeca).
Programa: Celtic Brasil:
Mulher Rendeira. (Zé do Norte)
Eleanor Rigby (John Lennon and Paul McCartney)
Greensleeves.  (tradução Inglesa / anônimo)
In My Life. (John Lennon and Paul McCartney)
23 de Abril (Nando Araujo)
Swan LKW 243.  (Catriona Mckay /Escócia)
Medley: músicas celtas tradicionais
My love is a red rose (trad. escocesa)
Sheebeg Shemore / (trad. irlandesa)
The grenadier and the lady (trad. inglesa)
Anam Cara (Nando Araujo)
The Glass of Beer (trad. irlandesa)
Brian Boru`s March (trad. Irlandesa)
Morrison`s Jig (trad. Irlandesa)
Tango To Evora. (Loreena McKennitt)
 Norwegian Wood (John Lennon and Paul McCartney)

Dia 17 de abril- domingo-

13h- Yerko Lorca Espanha- kora, a harpa da África Ocidental e Lira tartésica, instrumento ancestral Ibéria Antiga.
Programa:
Las memorias de la tierra. Kora / compositor Yerko Lorca.
Kelefaba. Kora / dominio público.
Jarabí. Kora / dominio público.
Fantasía. Kora / Compositor Yerko Lorca
Epitafio de Seikilos. Lira / dominio público.
Los últimos de los hombres. Lira / compositor Yerko Lorca
Suriam. Lira o Kora / compositor Yerko Lorca
Kaira. Kora / dominio público.
Jaliyaa. Kora / dominio público.
15h- Burning Symphony- Jonathan Faganello, harpa céltica/ harpa elétrica  e banda.
Programa: Rock, Heavy Metal, Power Metal e Metal Sinfônico
Iron Maiden: Fear of the dark, The Wicker man, blood brothers
Metallica: Nothing else matters
Stratovarius: Eagle heart, forever
Pink floyd: Another brick in the wall
Led Zeppelin: Stairway to heaven 
Black Sabbath: Paranoid
Deep Purple: Smoke on the water
Bruce dickinson: Tears of the dragon
Kansas: Dust in the wind
Rhapsody of fire: The magic of the wizard's dream

17h30 - Burning Symphony- Jonathan Faganello, harpa céltica/ harpa elétrica e banda.
Programa: Rock, Heavy Metal, Power Metal e Metal Sinfônico
Iron Maiden: Fear of the dark, The Wicker man, blood brothers
Metallica: Nothing else matters
Stratovarius: Eagle heart, forever
Pink floyd: Another brick in the wall
Led Zeppelin: Stairway to heaven 
Black Sabbath: Paranoid
Deep Purple: Smoke on the water
Bruce dickinson: Tears of the dragon
Kansas: Dust in the wind
Rhapsody of fire: The magic of the wizard's dream

Detalhes dos músicos em ordem alfabética:

Burning Symphony
Harpa / Harp – Jonathan Faganello
Violoncelo / Cello – Pedro Bortolin
Flauta / Flute – Celso Lazzarini
Formada por músicos do interior paulista, tem como proposta executar, de forma inusitada e desafiadora, os clássicos do Rock, Heavy Metal, Power Metal, Metal Sinfônico e outros, com instrumentos eruditos.

Comentários